Conheça essa iniciativa de ensino de Cuidados Paliativos em Medicina Veterinária

O médico veterinário Vinícius Perez, que está no segundo ano do curso de Especialização em Cuidados Paliativos do Instituto Paliar, é um dos coordenadores, ao lado de Rodrigo Luiz Marucio e Nadia Crosignani, de uma iniciativa inovadora no Brasil: um curso voltado a veterinários que buscam capacitação para aplicar Cuidados Paliativos em cães e gatos. 

 Vinícius Perez, que coordena curso de Cuidados Paliativos em Medicina Veterinária

 

Dor, comunicação, abordagem psicossocial, sofrimento da família, controle de sintomas e outros aspectos do cuidado são alguns dos temas abordados nas aulas. A duração total do curso é de 18 meses, e a primeira turma já está estudando desde junho.

 

"Quando o animal adoece, a família inteira se abala. O despreparo para lidar com o sofrimento que se instala perante situações ameaçadoras da vida, como câncer, e insuficiências cardíacas e renais, é um fato recorrente na sociedade, mas é possível praticar a ortotanásia, amenizando o sofrimento até a morte natural", diz o veterinário Vinícius Perez. 

 

"O Paliar me capacitou não apenas com conhecimentos técnicos, mas também me mostrou como estruturar modelos de assistência", completa Perez. O curso conta com a colaboração de professores convidados, como Dalva Yukie Matsumoto, diretora do Instituto Paliar, que deu aula de comunicação de notícias difíceis no sábado, 25 de agosto.

 Dalva Matsumoto é uma das professoras convidadas do curso

 

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS 2013) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há aproximadamente 52 milhões de cães domiciliados no Brasil. O IBGE aponta, ainda, que 44,3% dos domicílios do país possuem pelo menos um cachorro.

Please reload

Publicações em Destaque

Política nacional de Cuidados Paliativos próxima de desfecho positivo

September 27, 2018

1/7
Please reload

Publicações Recentes
Please reload

Arquivo