INSTITUTO PALIAR REPUDIA DISTRIBUIÇÃO DE FOSFOETANOLAMINA EM CAMPUS DA USP

22/10/2015

O Instituto Paliar, por meio de sua diretoria, composta por médicos e profissionais de saúde especialistas em Cuidados Paliativos, vem a público expressar seu repúdio à distribuição de cápsulas de fosfoetanolamina no campus de São Carlos da Universidade de São Paulo. O posicionamento do Instituto Paliar está baseado, principalmente, em três pontos:

1) De acordo com veiculação de notícias pela imprensa, a droga não foi submetida a testes em seres vivos de modo a comprovar sua eficiência, conforme afirma a própria reitoria da Universidade de São Paulo em comunicado;

2) O Instituto Paliar, além de lamentar profundamente o desrespeito à fragilidade emocional de pacientes crônicos e seus familiares, sobretudo vê, com grande preocupação, o fato de oportunistas espalharem rumores absolutamente sem fundamento acerca da eficácia do composto no combate ao câncer, como se tem relatado em notícias recentes;

3) Com veemência, o Paliar expressa perplexidade diante da decisão judicial de obrigar a USP a distribuir uma droga que não poderia ser caracterizada como remédio, visto que não foi submetida aos procedimentos técnicos e científicos de aprovação farmacológica. Lamentamos também o imbróglio ético que essa situação configura.  

Vale ressaltar que tratamentos que têm por objetivo o cuidado essencial para pessoas com doenças crônicas ou incuráveis são conhecidos, desde 1967, com a criação do St. Christopher’s Hospice, como Cuidados Paliativos. Oficialmente recomendados pela Organização Mundial da Saúde como um dos pilares fundamentais da assistência ao doente com câncer, o conceito de Cuidados Paliativos engloba toda e qualquer doença ou condição de vulnerabilidade que possa ameaçar a continuidade da vida. O Instituto Paliar, baseado no envolvimento ininterrupto com estudos e pacientes na terminalidade da vida, considera ineficaz e limitada a medida em prol da distribuição do medicamento, além de conduzida sem o devido aprofundamento ético-científico inerente às decisões dessa natureza, diretamente relacionadas à saúde, à vida e, portanto, à morte.

Please reload

Publicações em Destaque

Política nacional de Cuidados Paliativos próxima de desfecho positivo

September 27, 2018

1/7
Please reload

Publicações Recentes
Please reload

Arquivo